De amantes 88

A prisão me perturba!

De amantes 87

MUITO POUCO
(Moska)

Pronto
Agora que voltou tudo ao normal
Talvez você consiga ser menos rei
E um pouco mais real
Esqueça
As horas nunca andam para trás
Todo dia é dia de aprender um pouco
Do muito que a vida traz.
Mas muito pra mim é tão pouco
E pouco é um pouco demais
Viver tá me deixando louca
Não sei mais do que sou capaz
Gritando pra não ficar rouca
Em guerra lutando por paz
Muito pra mim é tão pouco
E pouco eu não quero mais
Chega!
Não me condene pelo seu penar
Pesos e medidas não servem
Pra ninguém poder nos comparar
Porque
Eu não pertenço ao mesmo lugar
Em que você se afunda tão raso
Não dá nem pra tentar te salvar
Porque muito pra mim é tão pouco
E pouco é um pouco demais
Viver tá me deixando louca
Não sei mais do que sou capaz
Gritando pra não ficar rouca
Em guerra lutando por paz
Muito pra mim é tão pouco
E pouco eu não quero ...
...veja
A qualidade está inferior
E não é a quantidade que faz
A estrutura de um grande amor
Simplesmente seja
O que você julgar ser o melhor
Mas lembre-se que tudo que começa com muito
Pode acabar muito pior
E muito pra mim é tão pouco
E pouco é um pouco demais
Viver tá me deixando louca
Não sei mais do que sou capaz
Gritando pra não ficar rouca
Em guerra lutando por paz
Muito pra mim é tão pouco
E pouco eu não quero mais
Pouco eu não quero mais.
Pouco eu não quero mais.
***
Uma das coisas mais fortes que já ouvi!
Até a próxima!

Manifesto do Reencantamento do Mundo


De amantes 85

Jovens e adultos, crianças e velhos de coração vivo, recusamos acreditar que a vida tenha que ser tão besta como nos tem sido apresentada. Um mundo em que todos têm que rosnar uns para os outros, e cumprir metas cinzentas, que ninguém sabe quem estabeleceu – nem a que levam.
Acontece que o suco da realidade está além do que pode ser reduzido a peso, medida, preço. Isso é só o esqueleto. Viramos um mundo de roedores de ossos. Queremos mais que isso. Podemos mais!
Salvar Galileu e queimar Giordano Bruno deu numa civilização manca. Mas nós não embarcamos na viagem dos céus vazios e silenciosos (Nietzsche). Assumimos nossa porção índia e suas lições, e estamos vendo que o Universo é inteligente, e que todos os seres se comunicam em existência e em sentido. Tudo tem alma, sentido, consciência, intenção. Tudo dialoga com o ser humano, se este quiser escutar.
Encantamento! Não, não falamos de simulacros, de sonhos enlatados disneyanos pintados em paredões sem vida, nem de telinhas fosforescentes numa vida-prisão. Falamos de consciência aguda do Momento e do Lugar. Você frente a frente com as coisas, cara a cara com a Vida. Vendo mundos em grãos de areia, e um céu numa flor do mato (William Blake).
Sábio é quem com tudo se espanta (André Gide). Gente como Goethe e Aristóteles via aí o princípio de toda Ciência; você acha bobagem? Olhos de criança ávida de conhecer o mundo! Todo Ser Humano é capaz de se encantar... e de em seguida reencantar o mundo. Com mãos de Amor.
É sério: só com profissionais encantados teremos mundo onde valha a pena viver. Não só os artistas e cientistas. Para o professor, é óbvio, essa é a primeira condição. Mas não basta: o DELÍRIO RESPONSÁVEL precisa chegar ao hardcore dos que fazem este mundo: engenheiros, advogados, administradores... Até que o sonho realize cidades menos irracionais, até que os funcionários dos três setores suicidem essa violência estéril chamada burocracia, até o último juiz enxergar que condicionar Justiça a "excelências" e "meritíssimos" é opressão indigna de subsistir num mundo digno de subsistir. Até que todas as relações humanas tenham rosto humano de novo.
Felicidade, sim!, como objetivo da sociedade! Economia, Desenvolvimento, Técnica, Poder como meios, jamais como razão das nossas escolhas. Servos da felicidade de todos os seres.
O que é preciso... é cultivar nosso jardim (Voltaire). Ser Humano e Natureza parceiros, mundo e vidas construídos como Arte. Dançar ao produzir... e dançar por dançar! Uma Ética nascida não de regras, mas da percepção do brilho nos olhos do outro. Humor, sempre – mas nunca sem Amor.
Mirantes em toda parte como investimento: afinal, sou do tamanho do que vejo, e não do tamanho da minha altura (Fernando Pessoa). A cidade está produzindo multidões sem visão – e a solução não está em “líderes sábios”, pois podemos ser um povo inteiro de sábios. Visão e maravilhamento para todos!!!
Não, não adianta disfarçar: jamais haverá encanto verdadeiro enquanto for privilégio de poucos! 


Basta da falsidade do tal "princípio do proveito próprio" (Adam Smith), com sua mãozinha tão invisível quanto vendida, que construiu o inferno atual. Somente a ação altruísta é verdadeiramente humana! E diferente do engano oitocentista que ainda nos sufoca, a colaboração foi sempre mais decisiva para a evolução que a competição.

ENCANTAMENTO PARA TODOS pode salvar você do tiroteio: muros e grades jamais.
Sabemos como. Balas não voam sozinhas: seres humanos apertam gatilhos – porque seu olhar só aprendeu a ver monstros e carros reluzentes. Mas no meio do tiroteio colhemos flores – e plantamos. Contra a Cultura do Medo usamos a Magia da Verdade, e fazemos ver que nenhum ser humano é apenas monstro – nem dentro nem fora dos carros. Ainda no meio do caos recuperamos o poder de encantar-se com estrelas, botões de flores, botões de gente.
Devolver às mentes as imagens seqüestradas do Bom, do Belo, do Justo, do Verdadeiro. Não, não é babaquice: ao cinismo tratamos com sua própria receita: mandamos embora, pois nunca nos deu nada que valesse a pena. Que acima de tudo se devolva a cada Ser Humano o seu direito máximo: a chance verdadeira de desenvolver livremente seus potenciais. Sobretudo, é claro, no nível do SER, porém sem negar a justíssima, enquanto modesta, importância do Ter.
ENCANTAMENTO PARA TODOS pode salvar você e seus filhos do tiroteio: muros e grades jamais.
Sabemos como. Mas é preciso que uma parte dos seus carros novos seja convertida em recursos para o REENCANTAMENTO DA EDUCAÇÃO DE TODOS. Apóie este impulso e demonstraremos sua realização – no tempo que você quiser: um dia, dois anos, três décadas, uma civilização.
Começar a reencantar-se e a reencantar o Mundo: quem pode é VOCÊ.

Este manifesto foi lançado mundialmente na Internet às 00 h do dia 01.12.2001, como parte da Campanha O REENCANTAMENTO DO MUNDO, lançada pela TRÓPIS em São Paulo às 21 h do mesmo dia com show da banda Provisório Permanente (contato tropis@tropis.org )

Até a próxima!


De amantes 84

Proteja-se!

De amantes 83

Os diamantes não são para chupar!

Camaleão 12 (idéias sobre artesanato digital)

O experimento Camaleão tem rendido excelentes idéias.
Deixou de ser um processo para tornar se um método.
Um exercício.
É gostoso fazer.
O cheiro da tinta.
A textura.
A cor.
A escolha.
O acaso.
O encontro.
Recomendável
Até a próxima!.


De amantes 80

XI FACE - Festival de Artes Cênicas de Conselheiro Lafaiete - MG













É com grande prazer que anuncio a programação completa do XI FACE. Será minha terceira participação no evento e primeira como oficineiro. Sou muito feliz por fazer parte deste festival que mais se parece um movimento do que simplesmente um evento. É lindo ver crianças, jovens e adultos, amadores e profissionais, de toda parte do país envolvidos na causa cênica. 
Segue abaixo a lista de eventos, peças e oficinas integrantes deste ano, bem como dados sobre a homenageada Penha Alves e um breve histórico sobre este evento que há onze anos contribui consideravelmente com a formação, informação, articulação e promoção das Artes Cênicas brasileiras.

Para maiores informações



PROGRAMAÇÃO FACE REGIONAL
DE 15 a 20 de julho de 2010
(clique nas imagens para ampliá-las.)




PROGRAMAÇÃO FACE NACIONAL


DE 21 a 25 de julho de 2010



(clique nas imagens para ampliá-las.)










OFICINAS

A ARTE DE FAZER RIR
Vagas: 20

Dias: 17 e 18 de julho (sábado e domingo)

De 08 às 12h

Local: Casa do Teatro de Conselheiro Lafaiete

Professor Gilbert Diniz – Betim - MG

ARTES CIRCENSES - PERNAS DE PAU e MALABARES
Vagas: 30 – 15 por dia
Dias: 19 e 20 de julho (segunda e terça-feira) uma turma por dia

Hora: 08 às 12h

Local: Escola Infantil Sitio do Pica-Pau-Amarelo

Professor Affonso Neto – Circo Aloma – Belo Horizonte – MG

DRAMATURGIA DO CORPO
Vagas: 20
Dias: 22,23,24 (quinta a sábado)

Hora: de 08 às 12h

Local: Escola Estadual Oswaldo Pinto da Veiga

Professor: Clênio Magalhães – Gov. Valadares/ Belo Horizonte - MG

CORPO DI ... VER... GENTE
Vagas: 20

Dias: 22,23 e 24 (quinta a sábado)

Hora: de 08 às 12h

Local: Escola Estadual Oswaldo Pinto da Veiga

Professor Carlos Fernandes – Belo Horizonte/Barbacena - MG

O TEATRO E JOGO
Vagas: 20

Dias: 22,23 e 24 (quinta a sábado)

Hora: de 08 às 12h

Local: Escola Estadual Oswaldo Pinto da Veiga

Professor: Reginaldo Santos – Belo Horizonte - MG

IMPROVISAÇÃO:
Vagas: 20

Dias: 22,23 e 24 (quinta a sábado)

Hora: de 08 às 12h

Local: Escola Estadual Oswaldo Pinto da Veiga

Professora Ana Nery – Belo Horizonte - MG

A DANÇA E SUA SIMBOLOGIA
Vagas: 20

Dias: 22,23 e 24 (quinta a sábado)

Hora: de 08 às 12h

Local: Escola Estadual Oswaldo Pinto da Veiga

Professora Márcia Rodrigues – Buritizeiro - MG 

INTERPRETAÇÃO:
Vagas: 20

Dias: 22,23 e 24 (quinta a sábado)

Hora: de 08 às 12h

Local: Escola Estadual Oswaldo Pinto da Veiga

Professor: Carlos Renato – Itabirito/Belo Horizonte – MG  

CONSCIÊNCIA CORPORAL E TEATRALIDADE
Vagas: 20

Dias: 22, 23 e 24 (quinta a sábado)

Hora: de 08 às 12h

Local: Escola Estadual Oswaldo Pinto da Veiga

Professora: Samantha Keller- Belo Horizonte /Lafaiete – MG

INPROCOMPROVISAR
O CORPO COMO ELEMENTO DE CRIAÇÃO
Vagas: 20

Dias: 23 e 24 ( sexta e sábado)

Hora: 08 às 12h

Local: Escola Estadual Oswaldo Pinto da Veiga

Professor: Emerson de Paula – Ponte Nova – MG

DANÇA – TEATRO
Vagas: 20

Dias: 22, 23 e 24 de julho ( quinta a sábado)

Hora: de 08 às 12h

Local: Escola Estadual Oswaldo Pinto da Veiga

Professor: Gessé Rosa - Jaboatão dos Guararapes – PE/Ipatinga – MG

MUSICALIZAÇÃO E TEATRO
Vagas: 20

Dias 22, 23 e 24 de julho ( quinta a sábado)

Hora: de 08 às 12h

Local: Escola Estadual Oswaldo Pinto da Veiga

Professor:  Ponte Nova - MG


Orientações:

* O custo de cada oficina é de R$40,00 por pessoa com direito a uma camisa do FACE. Sem a camisa o custo é de R$30,00.
* Todos os presentes nos alojamentos devem por obrigação estar inscrito em uma oficina.
* Serão conferidos certificados apenas aos que freqüentarem regularmente as aulas
* Teremos duas oficinas no FACE regional para os que chegarem antes no FACE
* E a décima oficina também será de apenas dois dias para os que chegarem mais tarde ao FACE.
* No domingo às 09 da manhã todas as oficinas deverão apresentar resultados dos trabalhos na praça do Cristo.  A duração de cada apresentação não deve ultrapassar 15 minutos.
* As oficinas que não preencherem o número de inscritos suficientes para o pagamento do oficineiro não acontecerão.
* Cada pessoa que vier para o FACE já pode por e-mail reservar a sua vaga na oficina desejada.

Natalia Kelly

Coordenadora das Oficinas

***


O XI FACE homenageará PENHA ALVES.

Penha Alves é uma das responsáveis pela existência da Casa do Teatro em Conselheiro Lafaiete pelo fato de que em 1997 começou a trazer para a cidade espetáculos do Grupo Colibri Extensão Teatral. Por meio dela o grupo de Belo Horizonte dirigido por Geraldo Lafayette visitou várias escolas, instituições e praças, iniciando esse trabalho de popularização do teatro. Seu trabalho era vender os espetáculos e providenciar condições para que toda a equipe viesse a Lafaiete com transporte e alimentação pagos.


* Em 1999 também lutou pela criação do curso de artes Cênicas que funcionou inicialmente na Escola Municipal Napoleão Reis do qual foi aluna assídua.

* Atuou como atriz na peça URIEL, O ANJINHO TRANSFORMADOR DO MUNDO e depois deixou o palco dedicando-se exclusivamente à produção. Contudo, em todos os anos seguintes Penha Alves nunca deixou a Casa do Teatro, atuando nos bastidores, principalmente na venda de espetáculos, na confecção de material gráfico, na captação de patrocínios.

* Não atuou no primeiro FACE, mas na ocasião,  recebeu da FETEMIG – Federação de Teatro do Estado de Minas Gerais, medalha de MÉRITO CULTURAL entregue durante cerimônia solene na Câmara Municipal.

* Do segundo FACE em diante Penha Alves é presença certa nos bastidores de todos os FACEs, confeccionando programações, cartazes e todo o resto de material gráfico do evento.

*  Além disso, enquanto responsável pelo Jornal “O MOMENTO”, difícil ver qualquer das suas edições sem que algo do teatro seja publicado.





Redenção - Betim MG



HISTÓRIA do FACE

Em 1976 criou-se em Belo Horizonte, para atender a todo o Estado de Minas Gerais uma Federação que pretendia reunir, organizar e incentivar o Teatro Amador em Minas. Outros Estados também seguiram este modelo e muitas destas Instituições funcionam até  hoje. Em Minas, a então FETEMIG – Federação de Teatro do Estado de Minas Gerais organizava eventos em diversas cidades de Minas, chamadas “Minas Mostra Teatro” e outros eventos do gênero no decorrer de cada ano.
Em 1994 Geraldo Lafayette ingressou na FETEMIG e em muito pouco tempo tornou-se seu Secretário Geral, viajando por toda Minas e também pelo país representando o nosso Estado, porém sem estar diretamente representando Conselheiro Lafaiete, pois na ocasião, Geraldo residia em Belo Horizonte e viajava com companhias da capital ou das cidades nas quais militava nesta área cultural. Em 1997, por intermédio de Penha Alves, as companhias das quais Geraldo Lafayette fazia parte, começaram a marcar presença em Lafaiete em algumas ocasiões especiais e em 1999 definitivamente Geraldo transferiu sua residência para Conselheiro Lafaiete, iniciando na cidade um pequeno curso de Artes Cênicas. Foi desta primeira turma que surgiu então a possibilidade de a exemplo de outras cidades, sediar nesta cidade uma primeira “Minas Mostra Teatro” organizada pela FETEMIG. O intento aconteceu realmente no mês de outubro de 2000 durante três dias, com todos os problemas de uma cidade desprovida de condições, sem preparo técnico e sem pessoas experientes que pudessem dar ao evento o sucesso que ele merecia. No entanto, após o desânimo inicial que pairou sobre toda a equipe no final da 1ª. Minas Mostra Teatro em Lafaiete, simbolicamente representando o 1º. FACE, no ano seguinte a mesma equipe se encheu de fôlego e realizou desta vez sozinha, sem a participação efetiva da FETEMIG o 2º FACE – Festival de Artes Cênicas de Conselheiro Lafaiete. Foi desse evento menor, bem simples que teve origem tudo que conhecemos hoje dos Festivais de Teatro lafaietenses. Sem falhar nenhum ano, o FACE tem preenchido uma lacuna cultural nos meses de julho em Lafaiete e região e ao longo do tempo, tornou-se para Lafaiete como se fosse um Festival de Inverno como é comum existir em outras cidades mais conhecidas. Há cada ano o FACE cresceu em número e qualidade e em 2006 foi a “mola mestra” para a criação do “Fico lá” – Festival de Inverno de Conselheiro Lafaiete. 10 anos se passaram e o FACE hoje é conhecido nacionalmente e com toda a concorrência do mês das férias escolares, tem conseguido fazer da cidade de Conselheiro Lafaiete um ponto de referência para atores das mais diversas regiões do país. Muitos deixam suas cidades para vir passar alguns dias em Lafaiete no mês de julho, fazendo do FACE um dos maiores eventos de Teatro Amador do país. 
Cia Teatro de Bolso - Ponte Nova - MG
...
Até a próxima!


De amantes 79


Não é solidão, está além disso.
É sofrer por nem sempre arrancar o sorriso de quem te ama.
Não é querer salvar o mundo, está além disso.
É o desejo de caminhar pela rua a qualquer hora sem medo.
Não é querer o impossível, está além disso.
É querer provar que ele existe.
Não é ser infantil, está além disso.
É sentir que possui uma alma atemporal.
Não é obsessão, está além disso.
É ser atropelado pela lembrança.
Não é vontade, está além disso.
É desejar aliviar os sentidos.
Não é esperar, está além disso.
É mover-se no silêncio.
Não é saudade, está além disso.
É faltar o que nunca esteve.
Não é.
Está.
Passará.
Aprendi a perdoar.
?
Sim, o meu amor é impossível.
...
Até a próxima!

Arte Fino: inFORMAÇÃO - formAÇÃO - AÇÃO

Arte Fino: inFORMAÇÃO - formAÇÃO - AÇÃO: "É bom ver como o diálogo do fazer artístico já começa a surgir com o pouco tempo de vida deste blog. No post chamado 'Pão com Salame e Refr..."

De amantes 78

Até a próxima!

De amantes 77



Até a próxima!